Sidebar Menu

Morte por Covid-19 em Osasco é divulgada de forma equivocada, diz Estado

Boletim anterior da Secretaria de Saúde do Estado foi divulgado na terça-feira (24) 

Na noite desta quarta-feira (25), em comunicado atualizado às 21 horas, em seu site, a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, divulgou nota de correção da informação divulgada no dia anterior acerca da morte por Covid-19 de um paciente de 79 anos que, segundo o boletim da terça-feira, era morador do município de Osasco.

O Estado registra um total de 48 óbitos relacionados ao novo coronavírus, e todos ocorreram em cidades da Grande São Paulo.​ O perfil das vítimas é semelhante, inicialmente, pela faixa etária: dos oito novos óbitos confirmados desde a terça-feira, seis são homens (72, 75, 82, 80, 70 e 98 anos) e duas mulheres 87 e 52 anos, sendo que esta última tinha comorbidades. Entre o total de mortes registradas até o momento 45 ocorreram em hospitais privados e três em hospitais do SUS (Sistema Único de Saúde). O Estado também registra 862 casos confirmados.

Segundo o segundo comunicado de ontem à noite, o idoso tinha residência na cidade de São Paulo e o "preenchimento no serviço notificador foi feito equivocadamente com endereço​ de Osasco". Quando a Secretaria de Saúde do Estado fez a divulgação do primeiro boletim (na terça-feira, 24), ou seja, uma informação oficial, a Prefeitura de Osasco enviou nota contestando os dados, conforme noticiado pela reportagem.

Retificação divulgada pelo Secretaria de Saúde do Estado de SP

O Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) do Governo do Estado foi informado pela Prefeitura de Osasco quanto à retificação do município de residência de um idoso de 79 anos, que foi informado no boletim de ontem e teve diagnóstico de COVID-19. Familiares esclareceram que ele residia na Capital e que o preenchimento no serviço notificador foi feito equivocadamente com endereço de Osasco, onde residem familiares. O CVE já solicitou à Prefeitura de São Paulo a retificação da notificação.

Veja mais notícias sobre Coronavírus.

Veja também: