Destaque 

Semana começa com passagem mais cara nas cidades da região

​A semana começa com aumento na tarifa de ônibus municipais, em praticamente todas as cidades da região, e no trem da CPTM que subiu de R$ 4,00 para R$ 4,30. Como adiantado com exclusividade pelo Giro S/A, no dia 28/12, o valor passou de R$ 4,35 para R$ 4,50. Em Barueri e Carapicuíba os passageiros já pagam nova tarifa desde sábado, 05. Jandira e Cotia seguirão o mesmo percentual de reajuste, mas ainda não publicaram o Decreto sobre o tema. 

Osasco, Itapevi e Santana de Parnaíba o novo preço já está em vigor desde a terça-feira, 1º. 

O reajuste dos ônibus de 3,5% ficou abaixo da inflação medida pela FIPE neste ano que foi de 3,63%.

A EMTU ainda não divulgou os novos valores nas linhas intermunicipais mas no ano passado o percentual na região foi um dos maiores do Estado. 

Para justificar o aumento, os prefeitos da região acabam utilizando praticamente o mesmo discurso que as empresas queriam aumento próximo de R$ 5,00. 

A insatisfação popular quanto ao aumento tem desagradado usuários do sistema de transporte em toda a região. 

Empresas queriam 16%

Em novembro durante reunião do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana de Osasco, as concessionárias pediam reajuste de 16%, o que elevaria a tarifa para R$ 5,08.

Para as concessionárias Urubupungá e Viação Osasco, a alta de 16% se deve à concorrência com transporte por aplicativos e isenção de idosos. "A proliferação de transportes irregulares por aplicativos vem causando queda significativa nos passageiros pagantes, o que torna a participação do gratuito sobre o pagante cada vez maior", defendeu Roberto Bertolini.

Osasco e Parnaíba têm as concessionárias Urubupungá e Viação Osasco;Barueri, Itapevi e Jandira, a Ralip/Benfica e Cotia, a Azul.



Veja também: