Destaque 

Sabesp flagra desvio de 19 milhões de litros de água nos municípios

Sabesp flagra desvio de 19 milhões de litros de água nos municípios

Entre janeiro e fevereiro deste ano, a Sabesp identificou 107 casos de furto de água na região, que correspondem ao desvio de 19.7 milhões de litros. O maior número de irregularidades foi constatado em Osasco (54), equivalente a 12,1 milhões de litros. Na sequência, aparece Barueri (25), 3,7 milhões de litros; Cotia (21), 2,7 milhões de litros e Santana de Parnaíba (7), 1 milhão de litros.

Em 2016, foram 1.075 ocorrências nos municípios citados, 289 milhões de litros. Somados os casos de 2016 e dos meses de janeiro e fevereiro deste ano, a quantidade de água furtada seria suficiente para abastecer toda a cidade de Santana de Parnaíba por 11 dias ou Pirapora do Bom Jesus, por dois meses.

Do total de fraudes identificadas, 85,69% foram registradas em residências, 8,83% em estabelecimentos comerciais e os outros 5,48% em imóveis de uso misto e indústrias, de acordo com a Sabesp.

A companhia ressalta a importância da população na identificação do crime de furto de água, tipificado no Artigo 155 do Código Penal, que prevê até oito anos de detenção. As denúncias podem ser feitas pelo Disque-Denúncia (181) e pela Central de Atendimento Telefônico da Companhia (195). Para os dois telefones, a ligação é gratuita e é garantido o sigilo do denunciante.