Prefeitura de SP fecha cerco para uso de patinetes. Regras podem chegar à região

rvrsa_abr_08051915310

Depois que o assunto sobre a segurança dos usuários de patinetes, por conta da falta de regulamentação, assunto também tema de matéria no Giro S/A, a Prefeitura de São Paulo resolveu impor regras para o uso do equipamento. As determinações podem chegar às cidades da região se os prefeitos e câmaras municipais chegarem a um entendimento.

Em caso de descumprimento da norma, será aplicada uma multa que varia de R$ 100 a R$ 20 mil. (FOTO: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Na capital paulista, usuários de patinetes elétricos serão obrigados a usar capacete. As novas regras para uso do equipamento devem ser implementadas pela prefeitura nos próximos 15 dias. O anúncio foi feito hoje (13) pelo prefeito Bruno Covas. Em caso de descumprimento da norma, será aplicada uma multa que varia de R$ 100 a R$ 20 mil.

Além do uso de capacete, será proibido circular na calçada, sendo permitido apenas a circulação em ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas ou ruas com limite de velocidade de até 40 Km/h, e a velocidade máxima do patinete será de 20 Km/h.

De acordo com a Prefeitura, a medida anunciada ainda é provisória. Regras mais detalhadas serão discutidas nos próximos três meses junto com as 11 empresas que responderam a um chamamento público e assinaram um termo de responsabilidade para oferecer o serviço.