Destaque 

Neste ano, só Osasco registrou ataque a caixa eletrônico

Neste ano, só Osasco registrou ataque a caixa eletrônico

De acordo com dados da Confederação Nacional dos Trabalhadores de Segurança Privada (CONTRASP), fornecidos ao Giro S/A, neste ano, apenas a cidade de Osasco contabilizou ataque à caixa eletrônico. O estudo se refere a assalto, tentativa, explosão e arrombamento. No país foram 609 registros.


Apesar de não constar endereço no levantamento, em maio, bandidos explodiram um caixa no Centro Universitário Fieo (Unifieo), localizado no município, no bairro Vila Yara. Em 2016, foram registradas quatro ocorrências. A maior quantidade computada na cidade de Osasco (2). Na sequência, aparece Cotia e Itapevi, com um caso cada. Santana de Parnaíba não anotou ataques.


No Brasil, foram 2.082, uma média de 5,68 por dia. A mesma pesquisa também contabiliza os sinistros a carros-fortes, que fechou o ano com 65 ataques no país. O Estado de São Paulo lidera o ranking com 305 ataques a bancos, seguido de Minas Gerais.


Roubo a bancos

Segundo o Índice de Criminalidade da Secretaria da Segurança Pública, no total, nos municípios mencionados, foram anotadas, em 2017 de janeiro a maio, dois roubos a banco, em Cotia e Osasco. No ano passado, foram três, todos em Osasco.