Sidebar Menu

Metrô e CPTM fecham acessos das estações após queda no fluxo de passageiros

​ A ação foi tomada após a redução de 62% no número de passageiros

Com a diminuição do fluxo de passageiros em estações de trens e metrôs, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos e o Metrô elaboraram um plano de contingenciamento e fecharam os acessos secundários. A ação foi tomada após a redução de 62% no número de passageiros e o afastamento de mais de 41% do quadro de funcionários, que se enquadravam no grupo de risco do Covid-19.

Segundo os órgãos em nota, o fluxo de operação segue de acordo com movimento e os afastamentos não interferem no funcionamento das estações.

Na sexta-feira (20), o Sindicato dos Metroviários de São Paulo pediu que o governo paulista também restringisse o fluxo e acesso de passageiros às estações, além de realizar limpezas profundas nos trens e nas estações e a aquisição máscaras e outros produtos de higiene também para uso de todos os empregados da empresa.

Veja mais notícias sobre CoronavírusMetrópole.

Veja também: