Destaque 

Jovens preferem tirar CNH após os 21 anos na região

Foto: Divulgação

Há poucas décadas, mal os jovens faziam 18 anos e a primeira tarefa era obter a Carteira Nacional de Habilitação. Atualmente, eles estão preferindo tirar a carteira após os 21 anos. Na região, a faixa etária de 21 a 25 anos concentra o maior número de emissão do documento. Em 2016, esta idade foi 671% maior que entre 18 e 20 anos, 1.861 contra 13.352 (21-25 anos). Em 2017 a tendência se manteve com 7.038 (18-20) contra 10.396 (21-25).

Levantamento da Alelo, em parceira com o Instituto Júnior Mackenzie, mostra que 55,4% dos jovens de 16 a 24 anos que não possuem CNH não têm interesse em carro próprio. Entre os que ainda não tiraram a CNH, 41,1% alegaram falta de interesse ou de necessidade. A maioria prefere usar aplicativos de transporte e bicicletas.

Segundo o diretor da Alelo, Roberto Niemeyer, há mudança de comportamento. "Nos próximos 10 anos, eles não contam mais com carro como primeira opção de mobilidade. Outros modais se revelam mais atraentes."