Cidades realizam diversas ações no Setembro Amarelo

80BAC4D5-1E1F-414D-A8F6-C09A141EFB7B



O dia 10/9 é o dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Todo mês de setembro é considerado o Setembro Amarelo, quando são realizadas ações para conscientizar sobre as formas de prevenir o suicídio. Municípios da região estão com atividades voltadas para o assunto, principalmente em escolas. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio é a segunda causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos. No Brasil, foram registrados 13.467 casos de suicídio em 2016. No mundo, 800 mil.

A Secretaria de Saúde de Barueri preparou programação para abordar o tema em três frentes: na Educação, levando a discussão para dentro das escolas e junto à população em situação de rua. As ações entre os adolescentes incluem encontros com alunos por meio de rodas de conversa, assim como no Profesp (Programa Forças no Esporte) junto com o Cras (Centro de Referência de Assistência Social); e cine-debates com o público que frequenta o Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (CAPS IJ Trilha). Haverá também encontros com os trabalhadores da Saúde em dois momentos do mês.

A equipe realizará ações no Parque Municipal, com a Caminhada pela Vida, Teatro de Pantomina, rodas de conversa, oficinas e grupos. Além disso, serão realizadas atividades junto aos usuários da Casa de Acolhimento Cáritas e a Casa de Passagem.

Na Emef Professor Sidney Santucci, em Barueri, está sendo desenvolvida uma série de atividades sobre o Setembro Amarelo. "Na verdade, temos projetos voltados aos sentimentos dos adolescentes desde o início do ano. Constatamos essa necessidade por aqui e temos nos empenhado para ajudá-los", afirma a coordenadora pedagógica Maurylane Almeida Oliveira. Profissionais da saúde darão palestras sobre qualidade de vida, depressão e valorização da vida.

Além disso, periodicamente ocorrem rodas de conversa onde os alunos expõem o que sentem. "Criamos o "pote dos sentimentos" para eles escrevem quando não conseguirem falar", acrescenta Mel. Na próxima semana, haverá amostra musical dos alunos e depoimentos motivacionais entre eles e os professores.

Osasco também promove diversas ações até o dia 27/9. No dia 11 haverá discussão acerca da prevenção de suicídio, às 8h30, no CAPS Adulto III Felício Gaspar (av. Sport Club Corinthians Paulista, 191, Km 18). Evento voltado aos familiares dos usuários dos CAPS. No dia 12, aula de Tai Chi para adolescentes, às 15h30, na Praça 8 de Maio. Dia 19, acontece a Marcha pela Vida, em parceria com o Sesc Osasco, às 13h,
no Ponto de encontro no CAPS Adulto III Felício Gaspar. A marcha seguirá até o Sesc. Haverá apresentação do Coral Fina Sintonia e do grupo de Poesia, além de oficinas de Boneca Abayomi. Terá ainda distribuição de cataventos e flores de papel confeccionados pelos usuários das três unidades do CAPS.

No dia 24, acontece o Adole Sendo, papo aberto sobre Setembro Amarelo, às 8h, na Unifieo (av. Franz Voegeli, altura do 300, Parque Continental. No dia 27, Caminhada pela Vida, às 9h, no CAPS Adulto III Felício Gaspar, com apresentação de Sarau e distribuição de material do Centro de Valorização da Vida (CVV).

Em Santana de Parnaíba, o colégio municipal Juscelino Kubitschek de Oliveira tem projeto com alunos dos Fundamentais 1 e 2. O objetivo é proporcionar conversas sobre o tema com crianças e adolescentes, conscientizar sobre métodos preventivos emocionais, minimizar as ocorrência de automutilação entre os jovens, entre outros. Está previsto ainda o desenvolvimento de exposição sobre o assunto. No dia 11/9, a partir das 8h, na Arena de Eventos Dr. Antonio Tito Costa, será realizada a 2ª edição do Fórum de Prevenção ao Suicídio.

Em Itapevi, a exposição Setembro Amarelo, da fotógrafa Pâmela Donato, é um ensaio sobre o tema realizado com os alunos da Escola Livre de Teatro e Circo. A mostra fica até o dia 13/09 na Câmara Municipal. A exposição também percorrerá os shoppings da cidade a partir de 16 de setembro.

No dia 19, às 13h, acontece no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) roda de conversa com o escritor Cláudio S. Filho, autor do livro "Um Conto Sobre Ela" (av. Ana Araújo de Castro, 494, Jardim Itapevi). E no dia 30, às 15h, a roda de conversa acontece na Secretaria de Cultura (av. Luiz Manfrinato, 194 Centro), com a psicóloga Ana Carolina Fonseca, da ONG Emoção e Vida.