Destaque 

Após três anos, BRT Alphaville – Cajamar ainda não foi entregue

Após três anos, BRT Alphaville – Cajamar ainda não foi entregue

Discutido há mais de três anos, o Corredor BRT (Bus Rapid Transit) Metropolitano, sistema rápido de ônibus, que ligará Barueri, Santana de Parnaíba e Cajamar, ainda não saiu do papel.


Segundo a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), o projeto funcional do primeiro trecho que liga Cajamar a Parnaíba, de aproximadamente 14 km de extensão, foi concluído em dezembro de 2016. Mas, o segundo trajeto entre Parnaíba e Barueri está paralisado, aguardando negociações com a Prefeitura de Barueri para definição do traçado no município. "Quando houver o acordo será iniciado novo processo de contratação para Elaboração de Consolidação do Projeto Funcional do Trecho 2 – Santana de Parnaíba – Antonio João, o que deve ocorrer no segundo semestre de 2017", informou a EMTU.


A previsão é de que o empreendimento de cerca de R$ 250 milhões atenda cerca de 60 mil passageiros por dia. O BRT terá 28,3km de extensão onde está prevista a construção de três terminais de integração, 33 estações de embarque e desembarque, ciclovia e uma ponte de transposição sobre o Rio Tietê em Parnaíba.