65% dos caminhoneiros apresentam visão prejudicada

Mais da metade dos atendidos tinham problemas - Foto: Divulgação

O dado é alarmante: 65% dos caminhoneiros atendidos em 2018 por um programa de saúde apresentaram algum problema na visão. Isso representa 3.062 dos 4.268 motoristas atendidos. Os números fazem parte de uma pesquisa das concessionárias dos sistemas Anhanguera-Bandeirantes e Castello-Raposo. O percentual está acima da média nacional de brasileiros que têm algum diagnóstico na visão.

O uso prolongado e as curtas distâncias de aparelhos eletrônicos e o tabagismo são alguns dos fatores que colaboram para o aumento de problemas visuais.

Ao sentir coceira excessiva nos olhos, lacrimejamento constante, vermelhidão ou dor de cabeça que dure dias, o motorista deve procurar atendimento para realizar um diagnóstico e tratamento.

Veja também: