Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Aluguel de imóveis: em Barueri, m² fica próximo de R$ 60

Logo Giro
Osasco, Barueri e região está entre as melhores para se investir em imóveis
O bairro de Alphaville é destaque na locação de imóveis em Barueri (Uelson Henkell/Giro S/A)

Segundo o Índice FipeZAP+, o valor é o mais caro em abril, entre 25 cidades avaliadas. O aluguel de um apartamento com 50 m², sai por quase R$ 3 mil

De acordo com o Índice FipeZAP+ divulgado no mês de maio, o preço médio de locação de apartamentos em Barueri foi de R$ 59,95 o m² no mês de abril. Ou seja, o aluguel de um imóvel com 50 m² custa, em média, quase R$ 3 mil no município. O valor é o mais caro entre entre os 25 municípios avaliados pelo levantamento.

+SIGA os canais de notícias do GIRO no WhatsappTelegram e Linkedin

Aluguel: rental yield

A rentabilidade do aluguel: a razão entre o preço médio de locação e o preço médio de venda dos imóveis, é uma medida de rentabilidade (rental yield) para o investidor que opta em adquirir o imóvel com a finalidade de obter renda com o aluguel residencial.

Com base em dados de abril de 2024, o retorno médio do aluguel residencial foi avaliado em 5,86% ao ano. A taxa anualizada em Barueri foi maior, de 7,10%, ficando atrás apenas de Santos (8,52%), Praia Grande (7,85%) e Recife (7,45%).

Aluguel de imóveis: em Barueri, m² fica próximo de R$ 60
A rentabilidade do aluguel em Barueri foi uma das maiores entre as 25 cidades avaliadas (Divulgação/Freepik)

Dados gerais

Com base no comportamento dos preços de locação residencial em 25 cidades brasileiras, o Índice FipeZAP registrou alta de 1,38% no aluguel residencial em abril, voltando a registrar aceleração em relação ao período precedente (+1,16%). Imóveis que possuíam quatro ou mais dormitórios registraram a elevação mais expressiva no período de referência (+2,23%), contrastando com o incremento relativamente menor entre unidades com três dormitórios (+1,02%).

No âmbito geográfico, 24 das 25 localidades que integram o índice apresentaram valorização mensal do
aluguel, incluindo todas as 11 capitais monitoradas, onde as variações de preço foram as seguintes: Fortaleza (+2,27%); Brasília (+2,18%); Florianópolis (+2,08%); Salvador (+2,03%); Curitiba (+2,00%); Belo Horizonte (+1,77%); Recife (+1,58%); Porto Alegre (+1,29%); São Paulo (+1,04%); Rio de Janeiro (+0,88%); e Goiânia (+0,86%).

No balanço parcial de 2024: considerando os resultados até abril deste ano, o Índice FipeZAP revela alta acumulada de 5,18% no aluguel residencial no ano, resultado que também supera as variações do IPCA/IBGE (+1,80%) e do IGP-M/FGV (-0,60%). Em termos de abrangência geográfica, a alta nominal no valor do aluguel no balanço parcial do ano contemplou 25 localidades que integram o índice.

Jornalismo regional de qualidade
Há mais de 16 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Receba nossas notícias em seu e-mail