Logo Giro
Search
Close this search box.
giro

Alphaville: 1ª loja sustentável da Oakberry abre nesta terça (31)

Para a construção, 800 blocos modulares foram construídos com 2.400 baldes doados por franqueados (Divulgação/Fuplastic)

Unidade, que aplicou logística reversa para plástico reciclado, com solução da Fuplastic, fica no Alphaville Tênis Clube (ATC)

A superfood Oakberry, empresa criada em 2016 por Georgios Frangulis e Renato Haidar, se uniu à Fuplastic, indústria 100% brasileira, sediada em Cotia, com soluções inteligentes e sustentáveis para construção civil, para criar a 1ª loja sustentável da marca mundial de açaí, no bairro de Alphaville, na cidade de Barueri. A inauguração aconteceu hoje, dia 31 de outubro, no Alphaville Tênis Clube (ATC).

Com a aplicação de logística reversa, 2.400 baldes de açaí doados pelos franqueados deram origem a 800 blocos modulares – semelhantes ao brinquedo de encaixar – para a construção da loja que possui mais de 7 m². Isso representa oito toneladas de plástico ressignificados e reinseridos na cadeia da economia circular.

“O novo espaço em Alphaville, montado com plástico reciclado, reforça o posicionamento ESG da empresa”, afirma Maiara Zaia, gerente de arquitetura da Oakberry. A rede, que já tem cerca de 600 lojas,  atua com o modelo de franquias e está presente, além do Brasil, em mais de 40 países como Estados Unidos, Emirados Árabes, Arábia Saudita, China, Austrália, Peru, Espanha, Portugal e Malta.

Alphaville: 1ª loja sustentável da Oakberry abre nesta terça (31)
Unidade sustentável sendo implantada no ATC, em Alphaville (Divulgação/Fuplastic)

Blocos sustentáveis e ressignificados

O “tijolo” Fuplastic é fabricado a partir de reciclagem do polipropileno, um polímero termoplástico produzido com a polimerização do gás propileno ou propeno, que pode ser facilmente moldado quando submetido às altas temperaturas.

“Esse termoplástico é aproveitado em embalagens – como no caso da Oakberry – em brinquedos, cadeiras, copos e peças automotivas, por exemplo. Depois de usados, são separados, limpos e transformados em novos materiais sem que o desempenho e a qualidade sejam prejudicados”, explica Bruno Abramo, CEO da Fuplastic. Com material diferenciado e solução construtiva para edificações seguras e sustentáveis, a Fuplastic incentiva uma nova forma versátil e moderna de construir, que estimula grandes empresas a praticarem importantes mudanças para a conservação do meio ambiente.

Enquanto obras feitas de alvenaria, em geral, demoram mais tempo para serem concluídas, demandam mão de obra local, dependem de logística de matéria-prima e pouco ou nada contribuem para o meio ambiente, as construções modulares oferecem muitos mais benefícios: têm o plástico reciclado como matéria-prima, são leves, altamente resistentes, de fácil transporte, a instalação ocorre em apenas um dia, projeto plug & play com produto pronto, são de rápida implementação, construção off-site, antipichação e 100% sustentável. Além disso, possuem eficiência termoacústica.

A Fuplastic  é uma indústria brasileira localizada no município de Cotia, que desenvolve soluções inteligentes e sustentáveis para o segmento da construção civil. Com o atual conceito de ser 100% sustentável, ela recicla e ressignifica plástico em produtos de qualidade e relevância para o mercado de construção. Tendo como diferencial a constante inovação e adequação dos projetos, de acordo com as expectativas e necessidades dos clientes, a empresa personaliza com alta qualidade, garantia e pontualidade os projetos, que são levados para todo Brasil e já chegaram em países da América do Sul, América Central e Europa. 

Alphaville: 1ª loja sustentável da Oakberry abre nesta terça (31)
O “tijolo” Fuplastic é fabricado a partir de reciclagem do polipropileno (Divulgação/Fuplastic)

Leia Mais. Barueri: doadores de cabelos terão isenção em taxas de concursos

Jornalismo regional de qualidade

Há mais de 15 anos, o GIRO noticia os acontecimentos mais importantes nos 12 municípios que compõem o consórcio *Cioeste. Essas cidades estão localizadas na Região Metropolitana da Grande São Paulo e possuem uma população que ultrapassa os 2,5 milhões de habitantes.    

Siga o perfil do jornal no Instagram e acompanhe outros conteúdos.

*Cioeste: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Receba nossas notícias em seu e-mail